Sentimental

Minha foto
"Ela é cheia de sentimentos, parece que suas experiências se manifestam é no dorso do seu colo, e quase sempre, de vez em quando, tudo isso pesa." Clarisse Lispector
"Se é a razão que faz o homem, é o sentimento que o conduz."
Jean Jacques Rousseau

sexta-feira, setembro 18, 2009

Do passado!

Quando reencontramos alguém do nosso passado, por alguns minutos parece que aquele tempo está de volta, que a pessoa é exatamente a mesma que deixamos lá, e que nossas vidas podem continuar exatamente do ponto em que paramos. Que o passado está de volta ao presente. Com o passar dos dias vamos percebendo que além de nós, aquela pessoa também mudou. Ela tem uma história a qual não estamos incluídas, construiu uma vida sem nossa presença. E nós? Nós fizemos o mesmo. Ambos tem lembranças, mas na vida prática, no dia a dia, na nossa história, aprendemos a separar as lembranças da vida real. Percebemos então que não foi o passado que voltou para o presente e sim o presente que foi dar uma voltinha lá no passado. E passando a fase do "continua tudo igual", vamos nos dando conta que nada é mais tão igual. Que as características que você apreciava na pessoa não estão mais lá, ou ainda estão. Que você não a reconhece mais como antes, ou reconhece. Que aquela pessoa mudou tanto, mas tanto, que você acha muitas vezes estar na frente de um estranho, e talvez ela também ache isso de você também, ou talvez não. Tudo vai de como vamos lidar com a situação, se esperamos encontrar exatamente a mesma pessoa, com as mesmas idéias, com os mesmos conflitos, com as mesmas certezas, como se cada um de nós não tivesse vivido uma história distinta. Ou se queremos e somos fortes o suficiente para enfrentarmos as mudanças, para redescobrirmos a pessoa, pra encontrarmos coisas que nunca mudaram , pequenos detalhes que mesmo com o passar do tempo ainda estão lá, presentes, e para porque não nos apaixonarmos pelos detalhes, pelas características que não existiam no passado, para redescobrirmos uma pessoa nova dentro da pessoa antiga. É uma questão de disponibilidades, é uma questão de certeza, ou de dúvida. Mas é indispensavelmente uma questão de escolha e de autoconhecimento. Às vezes dá certo... Às vezes não..

13 comentários:

Fran disse...

"Ela tem uma história a qual não estamos incluídas, construiu uma vida sem nossa presença."
No início dói muito saber disso, mas depois vem aquele alívio :)

Beeijos!

IsaBella MenSant! disse...

É muito louca a vida e o tempo ...
Acreditamos que podemos retomar o passado e não trazer nenhuma cicatriz, mas percebemos que aquela pessoa, só existe nas nossas lembranças. Que o mundo gira e tudo muda. Dói saber disto. Mas fazer o que a vida é assim.

Ameei o post! vivi isso esses dias. reecontrei o meu ex, por quem ainda tinha algum sentimento, devido a distancia sabi? a gnt idealiza a pessoa e até o proprio sentimento. Mas quando o encontrei percebi que o que eu mantinha em minha cabeça era apenas uma ideia, que o sentimento não era mais real. Que realmente outra pessoa me faz sentir isto. Me senti otima. como se um ciclo da minha realmente tivesse sido fechado. E o melhor, sem dor apenas saudades de um tempo que não volta mais.

XerOo

▒▓█► JOTA ® disse...

ººº
.....oooO.............
....(....)....Oooo....
.....)../. ...(....)..
.....(_/.......)../...
.............. (_/....
... PASSEI POR .......
.......... AQUI ......
......................


► p'ra desejar bom f-d-s

NOTA: O link do " INCONGRUÊNCIAS " foi alterado.

Se vc tá com paciência, altera tb o link nos teus favoritos para acompanhar os ultimos post's

Essa é a nova morada:
http://hard-jota.blogspot.com/


Bjsssss

--
► Jota Ene ๏̯͡๏

Juliano disse...

Para redescobrirmos uma pessoa nova dentro da pessoa antiga... De fato essa parte, e a parte citada pela Fran no primeiro comentário, são tudo.!

Beijooooos Maiçá.!

Mariana Andrade. disse...

acho que as pessoas mudam, elas crescem, evoluem, ou regridem.. enfim, elas mudam. e nós temos que perceber que isso é algo natural.
aah, amo teus textos enormes.. são os ´´unicos textos grandes que tenho disposição pra ler (adimito).
bjos ;*

Silvia Gonçalves disse...

Nossa...

Vc não tem idéia de como eu gostaria voltar ao tempo e construir a minha história em cima da vida dele e vice-versa...

Mas foi como vc disse, não podemos... devemos apenas analisar e tentar aceitar... a nova pessoa....

;)
Bjos

Abraão Vitoriano disse...

moça de palavras belas
parece que veio direto do céu...

um beijo,
e vamos...

! luz!

Márcia Amaral disse...

aloka menine, escreveu sobre tudo que eu to setindo, e na verdade, odeio mudanças, as pessoas poderiam ser sempre as mesma, o tempo poderia parar, e então tudo seria perfeito :/

Kaio Rafael, disse...

aconteceu comigo esses dias,
eu estava pensando nisso,
até pensei em escrever sobre, '^^

e eu achei tão gostoso ler isso aqui,

e eu achei tão gostosa a realidade de redecobrir alguém que eu já conhecia,

a gente estava tão diferente, *-*'

linda postagem,
palavras cheias de sentimento,
obrigado.

beijo. ;*

Silvia Gonçalves disse...

Oiii....

Selinho pra vc aqui: http://pensamentosdasil.blogspot.com/2009/08/bombardeio-de-selos.html

No décimo terceiro tá...

;)

Bjos

pequena disse...

Amiga num fica agunuada não, eu tava só fazendo drama em relação ao aparelho e o óculos rss pelo menos os zóio de vidro a gente pode tirar né? rsss

bjocas flor e boa semana que inicia miga linda!

xerim

Giovanna disse...

Concooordo completamente. As vezes quando reencontramos alguém parece que o tempo não passou e estamos diante da mesma pessoa apesar de todas as mudança, uma felicidade absurda por ter a chance do reencontro. Outra vezes nada é assim, o inesperado acontece, você percebe que esta diante de um estranho. Não a conhece mais. xD

- eeeeeii disse...

tão lindo por aqui (: